Concessão da Região Metropolitana de Maceió – Oportunidade de melhorias.

Gestão dos serviços de saneamento por operador privado aumenta a responsabilidade da gestão pública na fiscalização e controle.

Em mais uma entrevista para o Geraldo Câmara no programa Bartepapo na TV, veiculado pela Band e canais da NET e VIVO em Maceió, abordamos a necessidade do poder público atuar de forma competente da gestão do contrato e na regulação da concessão para os serviços de saneamento na região metropolitana de Maceió.

É necessário romper paradigma e preconceitos que a realidade já vem substituindo por exemplos reais de melhorias. A própria CASAL com duas PPPs, um contrato de locação de ativos para esgotamento sanitário e de performance para redução de perdas, foi pioneira no Nordeste, desde 2013.

Para seguir com mudanças adequadas à realidade, é preciso atentar para que estudos de engenharia sejam amplos, podendo alimentar os estudos econômicos e jurídicos com diagnósticos e concepções realistas e locais para CAPEX e OPEX., de modo que a implantação e desenvolvimento dos contratos pelos operadores privados espelhem a verdade.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *