Detecção de perdas e desperdícios de água.

Condomínios residenciais estão sujeitos ao efeito de "consumos noturnos não identificados

Entre março e novembro de 2020 – prazo longo em razão da pandemia – a AMEC realizou um estudo para avaliar a existência de vazamentos no Edifício Caviúna, na cidade de Maceió.

A administração do imóvel, com 36 apartamentos residenciais, acusava a elevação da fatura mensal e desconfiava de vazamentos internos.

O trabalho da AMEC constou de vistoria apartamento por apartamento para identificar vazamentos, medição de vazões de entrada e distribuição de água pelas colunas, com utilização de hidrômetros e datalogger.

Pequenos vazamentos, quase invisíveis nas descargas dos banheiros e consumos anormais foram detectados e seus efeitos observados nas vazões noturnas, principalmente entre 22:00 e 06:00.

O relatório final apontou a possibilidade de se economizar 20% de volumes de água e 35% na fatura mensal de água, com a simples correção dos vazamentos e controle dos usos noturnos.

O trabalho contou com a participação do engenheiro Aleksander Rocha.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *